Percy Jackson Portugal
Faça o seu registo/login! É muito importante para poder usufruir das nossas actividades! Very Happy

Divirta-se! Razz

A Grande Profecia - Nº2

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Kaito em Sex Fev 10, 2012 11:03 pm

- Bem, onde devo começar...Bem, como todos vocês já sabem, eu andei por todo o mundo a cantar antes de chegar ao campo, Porem nem tudo foi assim tão fácil...Pois bem, eu não vivi com alguma família...O meu pai morreu bastante cedo, e eu vivia com um grande grupo de jovens, que pelas mais diversas razões, estava bastante afastado da sua família. A Miku e a Kiku faziam parte desse grupo. Vivamos todos numa casa, que apesar de não ser o melhor que havia, conseguia-mos desenrascarmos-nos. Todos seguimos o mesmo caminho de músicos, pois era algo comum a todos nós. Com o tempo, fomos-nos afastando, cada um seguindo o seu caminho. Mesmo assim, os laços ficaram...

O rapaz fez uma pequena pausa e olhou para André, que apresentava uma ligeira expressão de "Ups". Depois continuou

- De qualquer das formas, o meu caminho levou-me a todos os cantos do mundo. Já estivem em quase todas as cidades...e conheci muitas pessoas, de todos os tipos. Uma delas foi um rapaz aqui de Londres. Chamava-se Alexander Sutcliff. Era um rapaz bastante simpático, mas um dia, os seus pais morreram quando ele estava comigo, a des então, ele diz que me odeia, pois a culpa dos pais terem morrido é minha... Isso quer dizer que eu vou enfrenta-lo...Deuses... a Miku e a Kiku morreram...e eu nem fui capaz de dar um funeral á Miku - disse Kaito enquanto agarrava fortemente uma das pulseiras da rapariga,que consegui agarrar antes de terem que partir mais uma vez, já a deitar algumas lágrimas - Que mais pode acontecer?

_________________

Kaito



Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Micaelis Martin em Sab Fev 11, 2012 12:10 pm

Cláudia Silva escreveu:Eu entrei no quarto, acompanhada por Micaelis. A morte da Miku ainda ecoava na minha mente, especialmente a última parte do diário. Ela morrera porque me queria proteger.

Pousamos as mochilas num canto do quarto, e eu sentei-me na cama.
- É impressionante onde as pessoas vão por amor...-disse eu, com o rosto cheio de pesar. - A Miku morreu porque....
-Esquece isso agora! - interrompeu ele. - Eu tenho alguns planos para esta noite que te vão animar!
-Ai sim? - perguntei eu, não conseguindo evitar um sorriso.

Ele inclinou-se sobre mim e começou a cantar:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Uma vez que o Mike era filho de Apolo, tinha uma voz fantástica. Ás vezes ele parava a música para me beijar..e fazer outras coisas... e eu não consegui evitar começar a despi-lo....

Cláudia, com a minha ajuda, tirou a minha camisola, deixando-me de tronco nu. Sentei-me ao lado dela e dei-lhe um longo beijo. Tirei-lhe a roupa, deixando apenas de soutien e cuecas. Momentos depois, estávamos deitados na cama a beijar-nos. De repente, ouvi uma voz na minha mente a dizer:
- Apesar de quereres, não quer dizer que devas.

Ai compreendi o que aquilo queria dizer: apesar de eu querer não devia continuar. Parei de beijá-la, levantei-me e disse-lhe:
- É melhor descansar-mos amanhã temos de estar bem acordados.
Abri a cama, deitei-me e tentei adormecer antes de poder voltar atrás com o que acabara de dizer.

Micaelis Martin


Dracmas : 52
Poder : Sol
Pégaso : Blaze

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://www.jornaldom.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Cláudia Silva em Sab Fev 11, 2012 12:43 pm

- É melhor descansar-mos amanhã temos de estar bem acordados. - disse Micaelis.
- Tens razão. - disse eu, suspirando.
Deitei-me ao lado dele, dei-lhe um leve beijo no pescoço, e acabei por adormecer abraçada a ele.


Já era de madrugada quando acordamos com um grito. Por força do acaso, ambos usava-mos a camisola laranja do acampamento, e, com a pressa de nos vestir-mos para ir ver o que se passava, nem reparamos que trocamos as camisolas...
Á saída do quarto, encontramos Kaito, Jason, Aline e André, e dirigimo-nos todos para um beco, onde encontramos uma rapariga rodeada por esqueletos. Segundo Kaito, ela chamava-se Juon Kiku, e era bastante cíumenta...
Nenhum de nós sabia o que fazer, e André acabou por tentar ajudá-la, tentando atraír os esqueletos e a rapariga para uma bomba de gasolina próxima. Quando eu e os restantes meio-sangue lá chegamos, André estava a ameaçá-la com a sua espada em chamas.
- Ok, calma! - disse Kiku - Reia, esta a comandar a operação, mas ela só está ás ordens de algo enorme! Nem eu sei o que é! Algo impossível de vencer. Ele sabe tudo sobre todos! Incluindo sobre vocês. Durante esta missão, vão rever todos os vossos inimigos! Cada um de vocês têm um país onde vai correr muitíssimo perigo. esta é a do Kaito! Enquanto não saírem de Inglaterra, tudo virá atrás de Kaito! Todos os seus inimigos, todos os seus males! Mas tu também aqui tens uns inimigos não é verdade?
Juon tentou avançar, mas André atirou a espada para a gasolina! A rapariga e o esqueleto começaram a arder.

Eu estremeci ao ouvir o que Kiku disse, tentando tirar um nome da minha cabeça. Le Baron Noir.


_________________


Cláudia Silva - Filha de Atena - Monitora da Cabana 6

Cláudia Silva


Dracmas : 48,5
Poder : Estratégia e Sabedoria
Pégaso : Minerva

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  André Cavalheiro em Sab Fev 11, 2012 3:19 pm

- Então sugiro que saiamos da cidade de imediato! - Disse Cláudia.
- Ok. Para onde querem ir? França?
Cláudia, encolheu-se.
- Ok França não. Alguém já esteva na Irlanda? - Perguntou André?
Todos acenaram negativamente.
- Perfeito! Vamos para lá no navio que nos trosse aqui, e discutimos quais vão ser os países a evitar! E contar todo o nosso passado uns aos outros! Estamos nisto juntos! - Disse o rapaz.
Todos começaram a arrumar as coisas rapidamente. André não conseguia perçeber! Londres era a cidade onde tinha feito mais inimigos! Porque é que Inglaterra não era o país em que ia enfrentar os fantasmas do passado. O Jovem começou a pensar... Em Portugal apenas tinha amigos, Inglaterra muitos inimigos, e alguns amigos! Os únicos países que tinha visitado depois disso na Europa foram a França, e a Itália! André começou a pensar... Itália, fora o local onde fugira após a morte do seu irmão, e onde conhecera Adriana... André tremeu ao recordar o nome...

André Cavalheiro


Dracmas : 87,5
Poder : Mar
Pégaso : Júpiter

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Aline em Sab Fev 11, 2012 3:46 pm

(NOTA: SÓ PERCEBI AGORA QUE NÃO TINHA ESCRITO MINHA REAÇÃO QUANTO AO ROUBO DO ANDRÉ,ENTÃO AI ESTA)
estavamos andando a caminho do navio,quando virei pro andré e falei
—quer saber o que eu achei de voce ter assaltado um banco?—ele assentiu—te achei corajoso,eu sempre tive vontade de fazer alguma coisa assim,algo que fosse ilegal,mas sempre tive medo de acabar me dando mal no fim,mas voce teve coragem o suficiente para isso,e eu adorei o que voce fez—sorri,beijando ele.
******************************
Quando chegamos no navio,olhei para eles,estavamos todos sentados,resolvi contar minha triste e maldita historia.
—bem,acho que tenho que contar minha historia agora—falei—um tempo antes de vir para o acampamento,eu sai andando pelo mundo,de lugar em lugar,passava um ano,no maximo dois no mesmo lugar,e depois ia embora,mas o pior de todos foi na espanha.A casa em que eu morava lá,eu dividia com duas amigas,gabi e helena,na casa ao lado tinha tres garotos,igor,pietro e gustavo.Igor,era um dos meus melhores amigos,o problema era a namorada dele,camila.ela era muito ciumenta,milhares de vezes me ameaçou de morte,até me cortar—mostrei a cicatriz no meu cotovelo—um dia,ela havia saido mais cedo da aula,eu e igor estavamos andando juntos,estavamos distraidos,foi ai que um carro nos pegou de surpresa,eu por ser mais rapida consegui fugir,só que ele não teve a mesma sorte.ela estava vendo de longe,e igual a mim,ela viu a hora em que ele foi morto,ele estava olhando pra mim.Ela ficou me culpando por tempos,ela e todas as amiguinhas dela,dizendo que eu matei ele,que se eu tivesse puxado ele pra tras,ele estaria vivo.Foi alguns dias depois,que tivemos uma excursão,até umas montanhas,e ela tentou me derrubar,mas acabou matando uma amiga dela.Mas uma vez,ela me culpou,pois ela foi presa.Antes que a policia a levasse,ela tentou atirar em mim,não acertando por milimetros.Pelos meus calculos,ela já esta solta,e se me ver,vai voltar a tentar me matar,parece que eu ainda estou ouvindo o grito dela “tome cuidado sua inutil,quando menos esperar,irei acabar com a sua vida,voce nem me vera,só sentira uma faca te partindo ao meio,esta me entendendo?”—quando acabei de falar,senti uma lagrima escorrer de meus olhos,e andré me abraçar
—ela não vai te matar,prometo—ele sussurrou no meu ouvido.


Última edição por Aline em Dom Fev 12, 2012 1:50 pm, editado 1 vez(es)

Aline


Dracmas : 13
Poder : Sabedoria e Estratégia
Pégaso : Nenhum

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://www.linedalua.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Cláudia Silva em Sab Fev 11, 2012 6:47 pm

A viagem correu bem. Já era noite quando atracamos em Dublin,e decidimos ir logo para um hotel. Como André tinha assaltado um banco no dia anterior, resolvemos ficar num hotel 5 estrelas. Estavamos ja a chegar ao Westin Dublin (pois era lá que íamos ficar), quando encontramos os primeiros monstros da missão: gigantes canibais. Eram 3, e tinham 2 metros cada um. Um deles avançou em direção a mim e ao Micaelis, outro em direcção ao André a á Aline, e o outro na direcção do Jason e do Kaito.
Devido á superioridade númerica a luta não foi muito dificil, e depressa demos cabo deles e entramos no Westin:



Uma hora depois, estavamos os 6 reúnidos numa majestosa sala de estar, decorada ao estilo vitoriano, comum aos 3 quartos (a distribuição dos quartos fora igual á de inglaterra).
-Bem, - comecei eu - acho que está na hora de vos contar a minha história completa, sem distorções ou omissão de factos.
"Eu cresci num aldeia, no meio do campo. Os meus pais eram inférteis, e, um dia, quando iam a uma consulta, uma mulher veio ter com eles. Ela era loira, bela, e tinha uns olhos cinzento-tempestade..e uma ligeira protuberância na barriga que indicava uma gravidez recente. Parecia ser inteligente e orgulhosa, mas, naquele momento, estava destroçada, e assustada. Ela disse-lhes que estava á espera de um bebé, mas que não podia cuidar dele como merecia. Seria uma criança especial, e ela queria protege-lo dos perigos que o esperavam, e que não se importava de ficar longe dele, nem que ele não soubesse que eram os pais verdadeiros, se isso significasse que ele ficaria seguro. Os meus "pais", pois é isso que lhes chamo, uma vez que cuidaram de mim como ninguém, viram naquilo uma opurturnidade única: o filho com que eles sempre sonharam. Eles era profundamente religiosos, e acreditaram que foi um milagre, concedido pela Virgem Maria, pois era ela quem eles pensaram que fosse. A mulher, que era a minha mãe, Palas-Atena, encarregou-se de tudo. Eles disseram-lhe a verdade: era inférteis, apesar de o esconderem de todos, e viviam no campo. A deusa disse-lhes para ficarem na cidade durante o tempo da sua gravidez: ela propria pagaria as despesas, e assim eles diriam que a criança era seu filho biológico. Eles concordaram. Sete meses depois nasci eu. Atena entregou-lhe um pacote, e disse-lhes para a abrirem se algo de estranho se passasse á minha volta, e que, em pricipio, isso ocorreria só depois de ter completado 12 anos.
Os meus pais e eu fomos para aldeia, onde fui recebida com muita alegria. Cresci como uma criança normal. A verdade é que a aldeia tinha bastantes vacarias, que encobriam o meu cheiro. Na escola, todos louvavam a minha inteligência. Eu era alegre, brincalhona, bem-comportada... tudo o que os meus pais sonharam. Os anos foram passando. Os meus 12 anos vieram, e sucederam-lhes os 13, e continuou tudo normal...até aos 16. Foi aí que as coisas se alteraram. Uma noite, enquanto toda a aldeia dormia, ouviram-se passos. Não eram passos normais...era passos de gigante. Toda a aldeia se sobressaltou. Os homens desataram a pegar em tochas e forquilhas, e as mulheres queimaram misturas que davam um cheiro campestre, enquanto rezavam a todos os santos. A verdade é que a criatura se afastou. Muitos pensaram que eram demónios, mas os meus pais perceberam que era o "algo de estranho", que a mulher mencionara, e abriram o pacote. Lá dentro tinha um papel, escrito em letras gregas, que eu logo li, onde se lia apenas "Acampamento Meio Sangue; Long Island, E. U. A.", e uma faca: a Vulnéra."
Enquanto dizia isso, tirei a dita faca, que trazia sempre presa á minha bota, e mostrei-a aos presentes.
"Eles deram-me todo o dinheiro que tinha para eu poder fazer a viagem. Quando me deles, completamente confusa. Comprei um bilhete de comboio até Lisboa, e planeava depois ir de avião para a América, mas todos sabemos que, para um meio-sangue, é impossivel planear, pois há sempre um monstro ou outro que nos dá cabo do plano. No meu caso, foram tantos que lhe perdi a conta. Quando dei por mim, estava em Paris, completamente lisa.
Durante a viagem, apercebi-me que, se me mantivesse em locais com um cheiro forte, os monstros demoravam mais a encontrar-me, e acabei por i trabalhar para um bar noturno, para poder juntar dinheiro e completar a viagem.
Uma vez, num dia de pagamento, o meu patrão levou-me para a cozinha do bar. Ele era um barão da droga, conhecido como Le Baron Noir. Nesse dia, eu tinha ficado até mais tarde no bar, a tratar na limpeza, e estávamos sozinhos. Ele esticou-se demais. Eu estava cheia de medo, e recuei um pouco. Peguei num facalhão da cozinha, e acabei por cortar-lhe a mão. Ele desmaiou com a dor, e eu roubei-lhe o dinheiro, e fugi, apavorada. Antes que se soubesse do sucedido, comprei um bilhete para os Estados Unidos, e parti nessa mesma noite, chegando uma semana depois ao Acampamento. Mais tarde soube que ele já não era só um barão da droga. Se puser os pés em França, ele vai querer a vingança..."

_________________


Cláudia Silva - Filha de Atena - Monitora da Cabana 6

Cláudia Silva


Dracmas : 48,5
Poder : Estratégia e Sabedoria
Pégaso : Minerva

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  André Cavalheiro em Sab Fev 11, 2012 8:41 pm

André nunca estivera tão indeciso emocionalmente. Estava super feliz por finalmente namorar com Aline, feliz por agora conhecer melhor a maioria dos seus colegas, e infeliz por saber que todos iriam reencontrar o passado, que era das piores coisas para um meio-sangue.
- Olhem e que tal as histórias do Mike e do Jason ficarem para amanhã á noite? Precisamos mesmo de descansar e ainda não jantámos! O que dizem a voltar cada um para os seus quartos, e pedirmos comida pelo serviço de quartos, e depois uma boa noite de descanso?
Todos acharam uma fantástica ideia! Eu e Aline dirigimos-nos á nossa suite. Um gigantesco quarto luxuoso, com jacuzzi, e para felicidade de André um Piano, que ele mesmo pedira!
Os namorados encomendaram comida, e comeram-na rapidamente passando o tempo todo a ririm-se de histórias da colónia. Por fim, André pediu que Aline se sentasse na cama, e ele dirigiu-se ao piano.
- Aprendi a tocar piano em Itália, após a morte do meu irmão, e desde então nunca esqueçi. André deixousse levar pela musica tocando uma perfeita verção de "Paradaise"

( [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] )

Quando acabou, André abriu os olhos, levantou-se e correu para Aline dando lhe vários beijos apaixonados.
- O meu paraíso vai ser onde tu estiveres! - Disse ele abraçando fortemente a sua namorada, sentindo-se tentado a despi-la embora não soubesse se o devia fazer, todavia arriscou...



André Cavalheiro


Dracmas : 87,5
Poder : Mar
Pégaso : Júpiter

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Aline em Sab Fev 11, 2012 9:08 pm

André estava começando a despir-me,ah meus deuses o que eu fazia,continuava?parava?minha mente não se decidia,mas o meu coração gritava para continuar,e foi isso que eu fiz.
a cama era redonda,e eu percebi pétalas de rosa.do jeito que eu sempre sonhei.no começo eu estava nervosa,mas fui me soltando aos poucos,não sei como,mas eu não estava corada.
eu não sabia o que fazer,não mesmo,mas tudo bem,confie,nem pense em desistir.
ele me beijava,de um jeito diferente,como se...mas leve,mas calmo,mas amoroso,como que para me dar confiança.e estava funcionando.
a cada pouco eu estava mais solta,e logo estávamos no mesmo ritimo.
se alguem me perguntasse qual foi a melhor noite da minha vida?essa.
acabamos a noite,eu deitada em seu peito,ele me abraçando.
—eu te amo—sussurrei antes de pegar no sono.

Aline


Dracmas : 13
Poder : Sabedoria e Estratégia
Pégaso : Nenhum

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://www.linedalua.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Cláudia Silva em Dom Fev 12, 2012 12:26 pm

Quando eu e o Micaelis entramos no nosso quarto, ficamos boquiabertos. Era enorme. Até tinha um jacuzzi, completamente pronto......

-Sabes, - disse o Mike - depois de um dia como o de hoje, estava-me mesmo a apetecer um banho...
Eu sorri, e dois minutos depois já estavamos abraçados dentro do jacuzzi.

-Cláudia, posso-te fazer uma pergunta? - perguntou ele, com um olhar receoso.
-Todas as que quiseres. - disse.
-Quando disseste que trabalhavas num bar noturno, o que fazias lá, exatamente?
Eu sorri.
-Servia ás mesas. - respondi.
Mike soltou um longo suspiro, e sorriu.
-Por momentos pensei que....-desabafou ele.
-Pensaste o quê? - perguntei.
-Nada! -ele sorriu. - Já te disse hoje que te amo?
-Já! - respondi, sorrindo. - Mas podes dizer outra vez, que eu não me importo nada!
- Amo-te!
-Eu também te amo! - disse eu, beijando-o.

No final do banho, vestimos os roupões do hotel e pedimos a comida. Sinceramente, nem me lembro bem o que comemos, só me lembro que estava tudo delicioso e, no final, eu puxei Micaelis pela gola do roupão, beijei-o e disse-lhe:
- Sabes, podíamos acabar o que começamos ontem á noite...
- Isso, - disse ele, - parece-me uma ideia fantastica.

Momentos depois, ja os nossos roupões estavam no chão....

A cama era enorme, e estava decorada com pétalas de rosa, e o quarto estava iluminado apenas por velas, estrategicamente colocadas.

Eu não sei como, mas sabíamos exatemente o que fazer, e a noite foi perfeita.

Acabamos adormecer abraçados, num longo beijo.


Última edição por Cláudia Silva em Dom Fev 12, 2012 8:40 pm, editado 4 vez(es)

_________________


Cláudia Silva - Filha de Atena - Monitora da Cabana 6

Cláudia Silva


Dracmas : 48,5
Poder : Estratégia e Sabedoria
Pégaso : Minerva

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Kaito em Dom Fev 12, 2012 12:42 pm

Por mais voltas que desse na cama, Kaito simplesmente não consegui dormir. Decidiu então vestir-se e ir um pouco lá para fora. Dado o facto de o hotel ser de 5 estrelas, as traseiras davam lugar a um enorme e belíssimo jardim. Sentou-se num banco e ficou a olhar para o vazio. Os eventos recentes tinham-no devastado completamente, e e ele não sabia aonde agarrar-se para ficar minimamente feliz. Ambas as suas irmãs tinham agora encontrado uma felicidade que ele já sentira, mas que, pelo momento em que ele passava, apenas o fazia ficar mais triste

Olhou para o céu e murmurou para si próprio:

-Estás-me a dar uma enorme dor de cabeça, sabes?

_________________

Kaito



Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  André Cavalheiro em Dom Fev 12, 2012 2:25 pm

André e Aline decidiram ir dar uma volta logo pela manhã. Dublin era uma cidade magnifica! Os namorados, passeavam de mão dada, enquanto conheciam as redondezas. Estavam atentos a rotas de fuga em caso de ser preciso. Não podiam ter escolhido um hotel melhor. As suites ficavam no 23º andar, mas todos podiam saltar da varanda e aterrar, no rio Liffey, onde André podia suavizar a queda. Depois, tinham três ruas por onde podiam correr, sendo que uma delas levava ao barco, outro ao aeroporto, e uma terceira que apenas levava a zona comercial da cidade.
Agora que o seu dever de avaliar a área já estava feito, os namorados decidiram tomar o pequeno almoço, numa esplanada. Ambos se sentiam bastante bem devido á noite passada.
André, apenas trazia nos bolsos, a moeda de ouro e como já era habitual o telemóvel desligado que escondia de todos e apenas usava para emergências extremas, ou seja não era ligado á pelo menos seis meses, e como estava desligado, não atraía os monstros.

Após, estarem de barriga cheia, ambos se dirigiram ao hotel, mas foram interrompidos, por um conjunto de homens, que lhe bloquearam o caminho. Eram um total de quatro, e estavam a rodear os dois mestiços.
-Posso ajudá-los? - Perguntou Aline.
Os homens começaram a transformaram-e os seus corpos, alteraram-se. O primeiro, tinha um corpo de fogo, o segundo de água, o terceiro de terra, e o quarto um corpo quase invisível, formado por vento.
- Elementais... mas não faz sentido, eles não fazem parte da mitologia grega! - Constatou André.
O elemental de fogo atacou, lançando chamas sobre as cabeças dos jovens que de imediato se baixaram. André tendo uma rápida ideia, levantou as mãos e tentou controlar o elemental de água, sendo que ele era filho de Poseidon, e para alegria dos jovens resultou.
O elemental de água atirou-se ao de fogo, e enquanto lutavam, o casal observou os dois monstros desaparecerem deixando apenas uma possa de água.
André atirou a sua moeda dourada ao ar e quando caiu na sua mão era uma lança, e no seu pulso esquerdo um enorme escudo de prata olimpiana substituía o seu relógio.
André avançou mas com apenas um soco, o elemental de terra atirou-o para longe. O rapaz aterrou cheio de dores, e ao levantar-se colocou a sua mão na possa de água deixada pelo monstro que controlara uns minutos antes. Uma força enorme invadiu o corpo de André. o jovem correu, furioso, e tentou espetar a ponta da lança no corpo da besta, mas foi inutil. O monstro atacu, André baixou-se e investiu novamente, com mais força, fasenso uma fenda na terra.
Por fim Aline, que também tinha dificuldades em lutar com um outro ser tão poderoso, chamou o namorado e apontou para as nuvens. André percebeu de imediato, mas não sabia se o conseguiria fazer.
André largou a lança, e apontou a sua mão ao céu, e uma nuvem (constituida por água) desçeu á terra fazendo um enormesco nevoeiro.
Os mestiços juntaram-se e André transformou a sua lança numa espada, e entre o nevoeiro, os dois fugiram o mais rápido possível da zona, sendo que André parou por momentos, para guardar, a água que lhe dera tanta enegia, no telemovel. Sendo que não tinha outro recipiente, o rapaz retirou a bateria do telemvel e colocou lá o máximo de água que conseguia.
Os dois pararam de correr na zona comercial da cidade, e compraram alguns perfumes, bastante berrantes, com o dinheiro que Aline tinha no bolso. Despejaram o forte odor, em si mesmos, e quando uma embalagem acabou André despejou a água no telemóvel para o recipiente.
Agora completamente camuflados com o odor do perfume, os dois voltaram ao Hotel, para contar a história aos outros.

André Cavalheiro


Dracmas : 87,5
Poder : Mar
Pégaso : Júpiter

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Aline em Dom Fev 12, 2012 10:10 pm

Acordei cedo,ainda abraçada com ele.pela primeira vez em muito tempo eu acordei feliz.
Levantei,dando um beijinho na bochecha dele,sem acorda-lo,ele merecia dormir um pouco.
Tomei um banho demorado,lavando meu cabelo,que fica mais vermelho molhado.
quando sai do banho peguei minha t-shirt roxa e minha calça jeans.
estava penteando o cabelo quando ele acordou.
—oi meu amor.—falei sentando na cama,dando um beijo nele.
—bom dia—ele falou me abraçando.
—sabia que essa foi a melhor noite da minha vida?—perguntei
—é mesmo?—ele perguntou,assenti rindo—fico feliz em saber disso—ele me deu um beijo completamente apaixonado.
—eu te amo—sussurrei em seu ouvido—agora anda,vai tomar um banho,quero conhecer a cidade
—sério?
—serio,aqui deve ser legal.
ele se levantou indo ao banheiro,eu ainda não acredito que consegui alguem como ele,fofo,carinhoso,perfeito.
Quando ele saiu do banheiro,saimos,de mãos dadas.
os dois sorrindo pela noite mais perfeita de nossas vidas.
conhecemos a cidade,Dublin era incrivel.
Depois do passeio resolvemos almoçar,ficavamos conversando,fazendo perguntas um ao outro.
Dá pra acreditar?como a minha vida mudou,a garota triste,que não tinha ninguem,agora tem um motivo para sorrir,agora eu sei que vale a pena respirar.
—Eu te amo—ele disse,me deixando suspresa,então,era isso?ele havia se decidido?ele...me amava?deixei uma lagrima de alegria escapar de meus olhos, beijando ele,com a maior emoção da minha vida.
—eu tambem te amo,meu principe do mar—falei dando mais um beijo nele.


Última edição por Aline em Sab Abr 07, 2012 1:52 pm, editado 1 vez(es)

Aline


Dracmas : 13
Poder : Sabedoria e Estratégia
Pégaso : Nenhum

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://www.linedalua.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Percy Lovegood em Seg Fev 20, 2012 1:29 pm

Sempre gostei de hotéis. Vaguei por aquele hotel durante toda a manhã. No entanto, passei parte do meu tempo deitado na cama com algum receio de contar a minha história. De repente, esqueci aquilo, afinal de contas é passado. O país do meu passado seria um grande ponto estratégico para o grupo, provavelmente estragarei alguns do planos que tínhamos em mente.

*

A tarde chegara, todos reuniram-se e foram a um restaurante que ficava nos arredores do hotel. O restaurante era também luxuoso e com classe. Sentamo-nos numa mesa perfeita para que todos coubessem. O empregado anotou os nossos pedidos. Entretanto...
- Bom, vou aproveitar o momento para contar a minha história. - comecei eu - Como já sabem fui para o acampamento aos 14 anos, no entanto não passei toda a minha juventude vendendo guloseimas. Trabalhava em diversos tipos de trabalhos e em todos os verões viajava para a Europa, sempre para o mesmo país, assim que completei os 12 anos. Nessa altura, já dominava minimamente os meus poderes. Viajava para Suíça, Berna para ser mais preciso. O dinheiro que cuidadosamente guardava era o suficiente para uma pequena estalagem e para as refeições principais. Adorava aquela cidade, os lagos, as montanhas e a divertida forma vulgar de deslocamento, a bicicleta. Em algumas partes, as bicicletas nem têm dono cada um pode simplesmente pegar numa que esteja estacionada. Saltava de telhado em telhado tendo sempre a minha queda suavizada com os meus poderes, quase levitava. Vestia sempre uma roupa escura, como um lendário guardião nocturno. Nunca gostei de crimes e essas coisas. Nos becos de Berna via sempre bandos de gangs a espancar pessoas para roubarem-lhes os seus bens preciosos. Numa noite, vi uma mulher a ser torturada. Foi então que interferi, ajudei a mulher com os meus poderes fracos e com a ajuda das habilidades de Karaté. Em Nova Iorque estive no Karaté, consegui o cinturão negro. Utilizava sempre o meu karaté mas contra 8 gangsters era quase impossível, por isso usava também os poderes. Nunca os feri gravemente, pois não sou violento. Apenas assustava-os. A notícia correu pelos vários gangs da Suíça e comecei então a ajudar as pessoas que eram espancadas pelos mesmos. No último dia de estadia, aos 14 anos, recebi um bilhete com uma caligrafia horrível. Ameaçavam juntar todos os gangs da Suíça para acabar comigo. Foi então que tive de voltar ao trabalho em Nova Iorque e foi no mesmo ano em que fui para o acampamento. Nunca mais me passou pela cabeça voltar à Suíça. E pronto é essa a minha história.

O empregado trouxe os nossos pedidos e começamos a comer.

_________________

Percy Lovegood


Dracmas : 71,5
Poder : Raios e Ar
Pégaso : Black Pearl

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Poseídon em Seg Fev 20, 2012 6:07 pm

No Olimpo habitava uma escuridão medonha e raios surgiam sem controlo. Eu, Atena e Apolo encontrávamos na fonte que jorrava uma água muito escura.
- Temos de fazer algo! Os restantes parecem zombies! Não estão no seu perfeito juízo, de certeza. - avisei.
- Poseídon tem razão. - apoia Apolo.
Atena permaneceu calada por alguns momentos, absorta no seu pensamento.
- Ok, concordo com os dois. Teremos de fazer algo nunca feito. É a única hipótese. Os nossos Oráculos estão desconectados, não há outro remédio. Vamos ter de ajudar em qualquer batalha que achamos necessário. - disse Atena.
- Mas isso é de doidos! Nunca fizemos isso em toda a nossa história! - exclama Apolo.
- Não, Apolo, ela tem razão. Está mais do que a altura de variar. A minha cunhada e vossa mãe poderá não sobreviver. Preferes vê-la morta? - perguntou Poseídon.
- Claro que não! Mas não poderei ir, a minha irmã está de rastos. Vai precisar do meu apoio aqui. - começou a concordar Apolo - No entanto, quero que levem alguns presentes meus. - disse Apolo retirando uma mala de couro. - Aqui estão as mais poderosas armas feitas por Hefesto e frutos de Deméter geneticamente alterados para serem apenas temporários, mas para darem a totalidade dos poderes. Aquela coisa é mesmo muito muito forte.
- Ok, levamos isto e é já! - disse Atena.

*

*Puff*, ouviu-se ecoando no beco entre um restaurante e uma garagem.
- Estão a almoçar. Já não via a luz do sol há algum tempo. - disse Atena.
De repente, ouviu-se um *Plim* a porta do restaurante abriu-se e 6 mestiços saíram.
- Aviso eu o André. - disse - "André, vem até ao beco ao lado do restaurante. Traz os teus amigos." - disse nos pensamentos de André.
Umas vozes um pouco longínquas ouviram-se:
- Hey, pessoal, venham comigo! - ordenou André.
- Hmm, ok. - disseram os outros.
- Olá pequenos mestiços. - cumprimentou Atena.
- Wow! O que fazem aqui? - disse André surpreendido.
- A coisa que tem como refém Hera é muito, mas mesmo muito poderosa! - disse sem hesitar - Trazemos uns presentes de Apolo e eu e Atena estamos atentos aos vossos passos. Assim que estiverem em sarilhos numa batalha ajudamos com todos os nossos poderes! - disse atirando o saco de couro para André.
- Aí estão as armas mais poderosas forjadas pelo próprio Hefesto. São de ouro olimpiano. E estão aí, também, 6 frutos de Deméter. Devem dar-vos a totalidade da força e poderes, mas são temporários, foram geneticamente alterados para tal. Não se preocupem, chega para toda a missão.
- Ok, estão avisados! Apolo não poderá ajudar. Contem apenas connosco. Temos de ir. - avisou Poseídon.
Outro *puff* ouviu-se e nós desaparecemos.

_________________

Poseídon


Dracmas : Infinito
Poder : Deus dos Mares
Pégaso : Sicílus

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
1000/1000  (1000/1000)
Conhecimento:
1000/1000  (1000/1000)
Nível:
5/5  (5/5)

http://percyjacksonpt.foruns.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Cláudia Silva em Sex Fev 24, 2012 9:47 pm

Acordei com a voz do Micaelis, a cantar. Ainda estavamos na mesma posição em que adormeceramos na noite anterior. Muito sinceeramente, não me importava de acordar assim todos os dias...
Passada meia hora, lá nos vestimos e descemos para tomar um basto pequeno-almoço. Os restantes mestiços já tinham todos saído, e nós aproveitamos para fazer um programa bastante romântico que incluía massagens de relaxamento....

Algumas horas depois, reúnimo-nos aos nossos amigos para ir almoçar. Já todos tínhamos contado a nossa história. Só faltava o Jason...e o Mike. Qual seria a verdadeira historia de Micaelis Martin?



O Jason já contou a sua história. - Poseídon

Poseídon, isto foi antes de ele contar.

_________________


Cláudia Silva - Filha de Atena - Monitora da Cabana 6

Cláudia Silva


Dracmas : 48,5
Poder : Estratégia e Sabedoria
Pégaso : Minerva

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Poseídon em Sex Abr 06, 2012 11:44 am

10 DIAS PARA DAREM USO!

Fim: 16/04/2012

_________________

Poseídon


Dracmas : Infinito
Poder : Deus dos Mares
Pégaso : Sicílus

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
1000/1000  (1000/1000)
Conhecimento:
1000/1000  (1000/1000)
Nível:
5/5  (5/5)

http://percyjacksonpt.foruns.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  André Cavalheiro em Sex Abr 06, 2012 12:36 pm

Andre estava contente com os presentes do seu pai e de Atena. Caminhava lado a lado com Aline. Quando de repente Claudia deu um grito agudo. Todos olharam para trás. Mike estava caido no chão. Claudia sentiu-lhe a pulsação.
- O coração dle não está a bater! Deve ser da emoção.
Andre chamou de imediato a ambulançia, e Mike foi levado para o hospital. No final da tarde o medico disse que ele tinha dse estar de cama nos proximos dois meses. Claudia ficou triste
menos um mebro na grande porfecia


Última edição por André Cavalheiro em Sex Abr 06, 2012 6:03 pm, editado 1 vez(es)

André Cavalheiro


Dracmas : 87,5
Poder : Mar
Pégaso : Júpiter

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Cláudia Silva em Sex Abr 06, 2012 12:51 pm

Eu estava de rastos. A noite anterior tinha sido realmente excitante, mas nunca pensei que ele não aguentasse.... O que é que eu fizera?? Estava visto que para a próxima tinhamos que ser mais moderados....mas pelo andar da carruagem, não haveria próxima durante muito tempo.

Eu queria tanto poder ficar a cuidar de Micaelis....eu amava-o, e estava muito preocupada, mas a missão tinha de continuar, eu um semi-deus a menos já era muito mau.
Bem, pelo menos agora eu sabia que ele nao morreria durante a missão.

_________________


Cláudia Silva - Filha de Atena - Monitora da Cabana 6

Cláudia Silva


Dracmas : 48,5
Poder : Estratégia e Sabedoria
Pégaso : Minerva

Ficha Meio-Sangue
Estratégia:
10/1000  (10/1000)
Conhecimento:
10/1000  (10/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

http://afilhadeathena.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Grande Profecia - Nº2

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum